top of page
  • Foto do escritorLeonardo S. Paduan

Conheça o Palácio de Carondolet e a História do Equador em uma Visita Guiada

Equador é um país cheio de riquezas culturais e históricas, e uma das visitas mais impressionantes que se pode fazer é ao Palácio de Carondolet, localizado no coração da cidade de Quito. Este palácio tem um papel importante na história do país, já que foi a sede do governo desde a época colonial até os dias atuais.


Palácio Carondelet Quito
Palácio Carondelet em Quito. Foto Leonardo S. Paduan

O PALÁCIO E SUA HISTÓRIA

Sua história remonta ao século XVII, quando o terreno foi adquirido por uma família espanhola chamada Carondelet. Em 1802, o então governador colonial do Equador, Francisco Luis Héctor de Carondelet, comprou a propriedade e construiu o palácio que está de pé até hoje. Durante a época colonial, o palácio serviu como residência do governador e, mais tarde, da audiência real.

Após a independência do Equador em 1830, o palácio continuou a servir como sede do governo. Ele passou por diversas reformas e ampliações ao longo dos anos, e hoje ocupa uma área de cerca de 4.000 metros quadrados. O Palácio de Carondolet é um dos edifícios mais importantes e simbólicos do país. Nele, são tomadas as principais decisões políticas do Equador e é onde o presidente recebe líderes estrangeiros e diplomatas.


COMO É A VISITA?

A visita ao Palácio de Carondolet é guiada. Durante o percurso guiado é possível conhecer um pouco da história do Equador e do papel que o palácio desempenhou em sua evolução. Ao entrar no palácio, os visitantes são imediatamente transportados para os séculos passados e entram em contato com a história equatoriana.

Palácio Carondelet parte interna
Parte interna do pátio do Palácio Carondelet. Foto: Leonardo S. Paduan

Os visitantes podem conhecer diversos lugares do palácio como: jardins, pátios e salões decorados com obras de arte, móveis e objetos históricos que contam a história do país. Entre os destaques do acervo, estão peças de cerâmica pré-colombiana, tapeçarias, mobílias e pinturas que retratam a história do Equador.


Palácio Carondelet parte interna
Sala do Palácio Carondelet com mobilia antiga preservada. Foto: Leonardo S. Paduan

Durante a visita, é possível conhecer também a Sala dos Espelhos, onde as cerimônias oficiais acontecem, e a Sala dos Presidentes, onde os líderes do país realizam suas reuniões e assinam importantes documentos. Além disso, os visitantes podem ver a coleção de armas antigas e conhecer mais sobre a história militar do país.



Um dos pontos altos da visitação ao Palácio é o mural de Oswaldo Guayasamín, um dos artistas mais renomados do Equador, famoso por suas pinturas inspiradas na cultura andina e nos temas sociais. O mural impressionante retrata a história e a cultura do país.


Parte do Mural de Oswaldo Guayasamín no Palácio Carondelet
Parte do Mural de Oswaldo Guayasamín no Palácio Carondelet. Foto: Leonardo S. Paduan

Outro ponto de visitação são as nas varandas do Palácio (onde diversos presidentes já fizeram discursos) e ver a vista da Praça da frente. Além disso, o fotografo do palácio tira fotos individuais na frente de uma das escadarias do Carondelet. Essa foto você pode retirar gratuitamente ao final do passeio. Vale destacar que como o espaço é utilizado pelo governo do Equador, dependendo da ocasião, algumas áreas podem estar fechadas para reuniões ou utilização do presidente ou representantes do governo.

Foto visitação Carondelet
Foto nas escadarias do Palácio Carondelet. Presente que todos os visitantes recebem de recordação ao final da visita. Foto: Leonardo Spagiani Paduan

Como chegar ao Carondelet?

O Palácio de Carondolet está localizado no centro histórico de Quito, na Calle García Moreno. É possível chegar ao local de ônibus ou táxi. Para quem prefere caminhar, é uma boa opção para aproveitar a beleza do centro histórico da cidade.


  • Táxi: É possível pegar um táxi na maioria das áreas de Quito e solicitar que o motorista o deixe no Palácio de Carandolet. Certifique-se de concordar com o preço da corrida com antecedência para evitar surpresas na hora de pagar.


  • Ônibus: O sistema de transporte público de Quito pode ser confuso para quem não está acostumado, então é recomendável perguntar aos motoristas e cobradores qual é a melhor parada para descer e como chegar ao Palácio Carandolet. Algumas linhas passam próximas ao local como:

  1. Linha 15: Este ônibus passa pela Plaza Grande, que fica a poucos minutos a pé do Palácio Carondolet. É possível pegar o ônibus em diversos pontos da cidade, incluindo o Terminal Quitumbe e o Terminal Carcelén.

  2. Linha 28: Este ônibus passa pela Plaza San Francisco, que também fica nas proximidades do Palácio Carondolet. A rota começa no Terminal Cumandá, que é um dos principais terminais de ônibus da cidade.

  3. Linha 50: Esta rota passa pela Plaza de Santo Domingo, que fica a poucos minutos a pé do Palácio Carondolet. É possível pegar o ônibus em diversos pontos da cidade, incluindo o Terminal Quitumbe e o Terminal Carcelén.

Como visitar?
  • A visita ao Palácio de Carondolet é guiada e é necessário agendar com antecedência. Os agendamentos podem ser feitos através do site oficial do palácio ou pessoalmente na entrada.

  • O palácio oferece visitas em espanhol e inglês.

Preço:

  • A visita é gratuita, mas é necessário apresentar um documento de identificação válido.

Horários:

  • O Palácio de Carondolet está aberto para visitação de segunda a sexta-feira, das 09h às 16h. Você deve estar no local alguns minutos antes do horário agendado para passar pelos protocolos de segurança.

Acessibilidade do Palácio:

  • O Palácio de Carondolet não é totalmente acessível para pessoas com mobilidade reduzida, devido às escadas e aos corredores estreitos.

Pontos turísticos próximos:

Acabou o tour pelo Carondolet! E agora vou para onde? Aproveite para ver alguns pontos turísticos próximos do Palácio! Segue algumas opções de lugares:

  1. Plaza de la Independencia: a principal praça de Quito e um importante ponto histórico, onde foram declaradas a independência do Equador e a primeira constituição do país. Localizada em frente ao Palácio de Carandolet.

  2. Basílica del Voto Nacional: uma das maiores igrejas da América Latina, famosa por sua arquitetura gótica e vistas panorâmicas de Quito. Localizada a 1,5 km

  3. Museo Casa del Alabado: um museu de arte pré-colombiana, com uma coleção diversificada de objetos arqueológicos e artísticos de culturas pré-hispânicas. Localizado a 0,7 km de distância

  4. La Ronda: uma rua histórica e pitoresca no centro antigo de Quito, com uma atmosfera boêmia e muitos restaurantes, bares e lojas de artesanato. Localizada a 1,8 km de distância

  5. Cerro del Panecillo: uma colina que oferece vistas panorâmicas de Quito e abriga a famosa estátua de Virgem de Quito, um dos ícones da cidade. Localizada a 2,5 km de distância

Plaza de la Independencia vista do Palácio Carondelet.
Plaza de la Independencia vista do Palácio Carondelet.

91 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • instagram_PNG11
  • Tumblr Social Icon
  • Spotify Social Icon

REDES SOCIAIS

Foto: Abrindo a Cabeça logo
Foto Leonardo Spagiani Paduan
bottom of page