POR DENTRO DO MONUMENTO DA REVOLUÇÃO MEXICANA


A Cidade do México é vibrante, muito movimentada e cheia de cores e atrações. Um excelente destino turístico com diversos pontos para serem desbravados. Um destes lugares é o Monumento a la Revolucion, uma estrutura construída para celebrar a Revolução Mexicana.


#Pracegover: Foto colorida. Fachada do Monumento a la republica. em primeiro plano a praça com várias pessoas caminhando pela rua. Ao fundo o Monumento em formato de arco, com o espaço do elevador Panorâmico no meio. Céu cheio de nuvens cinzas carregadas.

A REVOLUÇÃO MEXICANA - RESUMO

A Revolução Mexicana é um movimento bastante complexo, que seria necessário uma publicação só sobre o assunto. Porém, resumidamente podemos dizer que foi a primeira das grandes revoluções do século XX e historicamente, costuma ser descrita como o acontecimento político e social mais importante neste período no México. Foi um grande movimento armado que teve início em 1910 com uma rebelião liderada por Francisco I. Madero contra o antigo autocrata general Porfirio Diaz.

A exploração capitalista e as injustiças sociais foram algumas das principais causas da Revolução Mexicana. Com efeito, a aristocracia rural detinha o controle da produção agrícola, enquanto o capital estrangeiro explorava as minas, os portos e a extração de petróleo. Porfirio Díaz agravou ainda mais esta situação, ao intensificar a exploração sobre a população de baixa renda e abrir o país para o capital estrangeiro, o que causou o descontentamento de uma parcela das elites nacionais que o apoiavam.

No primeiro momento, Madero assume o poder, com o apoio dos revolucionários Emiliano Zapata e Pancho Villa, com a promessa de modificações na constituição e Reforma Agrária. Porém, ele não cumpre com suas promessas, os revolucionários continuam com a Revolução. O movimento continua por alguns anos até o assassinato de Zapata em 1919 e de Villa em 1923. A principal consequência da Revolução Mexicana foi a promulgação da Constituição de 1917, na qual esta previsto, dentre outros o direito de expropriação de terras pelo Estado, para fins de Reforma Agrária; o reconhecimento do direito indígena sobre usa terras ancestrais; a criação do salário mínimo e da jornada de trabalho de oito horas diárias; e a separação definitiva entre Estado e Igreja.


#Pracegover: Foto colorida. de uma mesa de madeira com uma placa metálica escrita "A la revolucíon de ayer, de hoy, mañana y siempre".

O MONUMENTO - HISTÓRIA

O Monumento a la Revolucion é uma obra arquitetônica e um mausoléu dedicado à comemoração da Revolução Mexicana. Inicialmente, em 1906, para celebrar o centenário da Independência de México, foi realizado o projeto de construção do Palácio Legislativo Federal, destinado a ser um dos mais imponentes do mundo, com estrutura metálica de mais de 14 mil metros quadrados e tecnologia de vanguarda em suas fundações.

Devido aos movimentos revolucionários da época, a realização do edifício foi suspensa. Em 1933, o arquiteto mexicano Carlos Obregón Santacillia resgatou o projeto depois de ter sido abandonado por quase 20 anos e deu-lhe um novo significado, criando um conceito arquitetônico no qual ele combinou Art Deco com elementos de grandes proporções. A obra, atualmente é considerado o arco triunfal mais alto do mundo, a estrutura tem 67 metros de altura. O espaço ainda possui um mausoléu onde encontram-se os restos mortais de: Francisco I. Madero, Venustiano Carranza, Francisco “Pancho” Villa, Plutarco Elías Calles e Lázaro Cárdenas.


#Pracegover: Foto em preto e branco, da estrutura da obra do Monumento a La Revolucion.

POR DENTRO DO MONUMENTO

Existem dois tipos de ingresso, um com acesso limitado e outro com acesso geral. Pela diferença de preço, vale a pena optar pelo ingresso geral. No ingresso limitado você tem acesso a parte superior para vista panorâmica e a parte da estrutura. São 3 pontos. Já no geral, tem acesso a 1- Fundação, 2 - Subida no elevador panorâmico, 3 - Mirador e chegar no ponto mais alto. 4 - Estrutura com acesso aos bonecos de cera do Emiliano Zapata e Pancho Villa (foto), 5 - Outro mirador e 6 - As escadas que levam pra as ruas da Praça da República.


#Pracegover: Foto colorida. Bonecos de Pancho Villa e Emiliano Zapata sentados em 2 cadeiras com detalhes doutradas. Na frente dos bonecos uma câmera fotográfica antiga.

Dentro do monumento, nas partes inferiores tem maquetes e objetos que fazem alusão ao movimento revolucionário e ao próprio edifício. Nas primeiras partes do tour geral, nas partes inferiores do monumento, você anda livremente pelas salas e espaços da estrutura do edifício.


#Pracegover: Foto colorida. Maquete branca da praça e arredores do Monumento a Revolução.

Depois da subida no elevador panorâmico que encontra-se no meio do edifício chega-se aos mirantes 360º graus, onde você poderá ter uma bela visão da capital mexicana.


#Pracegover: Foto colorida. Vista panorâmica de pedaço do centro da Cidade do México. Em primeiro plano Praça da República. Algumas árvores nas laterais e pessoas caminhando no centro. No meio uma avenida, nas laterais vários prédios. Ao fundo céu azul com nuvens.

Na segunda parte, a visitação é guiada. São cerca de 30 a 40 minutos de tour guiado, que começam no mirante, entrando pelas escadas da cúpula. Na parte interna do monumento existem algumas salas com projetores e vídeos, além de algumas instalações de arte, com representações de armas. Além é claro da sala com os bonecos de Pancho Villa e Emiliano Zapata, representando o momento que eles estiveram no Palácio Nacional, durante o período da Revolução Mexicana.


#Pracegover: Foto colorida. Armas de vidro enfileiradas no meio de estruturas de metal nos cantos.

COMO CHEGAR?

O Monumento está localizado na Plaza de la República, que atravessa o coração das principais vias Paseo de la Reforma e Avenida de los Insurgentes, no centro de Cidade do México.

METRÔ: É uma opção boa, fácil e barata. É só pegar a linha 2 do metrô e parar na estação "Revolución". Saindo da estação caminhe pela Avenida Puente de Alvarado, na direção oposta a Insurgentes. Em seguida, vire à direita na primeira rua, em Ponciano Arriaga. São cerca de 5 minutos de caminhada. (foto)

METROBUS: Outra opção é o Metrobus. Pare no ponto da Plaza de la República, correspondente à Linha 4 (Buenavista-Terminal 2 Aeropuerto). Você irá sair na r. Ponciano Arriaga e menos de 100m do Monumento.

A PÉ: Se você tiver um pouco de disposição, também é possível ir a pé, se estiver pelo centro. O Monumento fica a cerca de 20 minutos de caminhada (1,5km) do Palácio de Bellas Artes. Do Palácio para o Monumento, é só pegar a Av. Juarez, atravessar a Av. Paseo de La Reforma e pegar a Rua República e seguir até o Monumento.


#Pracegover: Imagem colorida Mapa, demonstrando o caminho do metro até o Monumento.

INFORMAÇÕES GERAIS:

HORÁRIO: Segunda a quinta das 12h às 20h. Sexta e sábado das 12h às 22h. Domingo das 10h às 20h. A área externa do monumento permanece aberta 24h. Ao entardecer até meia noite funciona a iluminação da praça e do monumento.

PREÇO: Entrada geral: 90 pesos mexicanos (R$ 18,12*). Acesso limitado: 60 pesos mexicanos (R$ 12,08*)

ACESSIBILIDADE: Para o tour limitado, o espaço até que oferece um suporte para pessoas com deficiência. Tem um elevador adaptado, espaços com pisos táteis, e outros instalações que garantem a acessibilidade. Porém, infelizmente, o tour geral é inconcebível, especialmente para pessoas com deficiência com mobilidade reduzida e cadeirantes. Tendo em vista, que tem muitas escadas, espaços muito apertados, cheios de obstáculos.

INSTALAÇÕES: O local também conta com lanchonete, uma loja de souvenirs e guarda volumes. * De acordo com cotação do dia do post (21/03/19)

#México #AméricadoNorte

CONHEÇA HUARAZ

O PARAÍSO NATURAL PERUANO

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • instagram_PNG11
  • Tumblr Social Icon
  • Spotify Social Icon

REDES SOCIAIS

Foto: Abrindo a Cabeça logo
Foto Leonardo Spagiani Paduan

ABRINDO A CABEÇA

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

DICAS DE VIAGEM, CULTURA, CURIOSIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS, HISTÓRIAS DE MOCHILÃO E MUITO MAIS