HIERVE EL ÁGUA - UMA MARAVILHA ESCONDIDA EM OAXACA


O México é um país repleto de belezas naturais surpreendentes. Cada região do país tem algum tesouro natural para ser explorado. Um destes tesouros é o Hierve el água, um conjunto de formações rochosas naturais, que se encontra no interior do país, próximo a cidade de Oaxaca. Um lugar isolado e de difícil acesso, porém muito surpreendente. Então, vamos lá conhecer Hierve el água?


#Pracegover: Foto colorida panorâmica. Vista de uma montanha coberta por vegetação a frente. No canto direito cascata de pedra. Céu cheio de nuvens.

HIERVE EL ÁGUA

Hierve el água consiste em duas plataformas rochosas ou falésias que se elevam entre cinquenta e noventa metros do vale abaixo, das quais se estendem formações rochosas quase brancas que se parecem com cachoeiras. Estas formações são criadas por nascentes de água doce, cuja água é saturada pelo carbonato de cálcio e outros minerais. A formação das cascatas petrificadas aconteceram a milhões de anos.


#Pracegover: Imagem colorida. Imagem de um vale. Ao fundo montanhas cobertas de vegetação, com céu cheio de nuvens cinzas. No canto direito formação rochosa que parece uma cascata branca.

Além disso, as nascentes formam algumas piscinas naturais "de borda infinita" a beira do penhasco. Devido ao alto teor de minerais na água, as cores da piscina variam de um verde até alguns tons de amarelo. A temperatura das piscinas fica em torno de 25ºC.


#Pracegover: Foto colorida. Em primeiro plano terreno todo acidentado, com nascente de água passando pelo meio das pedras. Na frente uma piscina natural de borda infinita. Ao fundo montanha com céu cheio de nuvens.

É possível nadar nas piscinas, que em na maior parte são rasas e de borda infinita. É possível também fazer uma pequena trilha que leva até a parte inferior das cascatas de pedra. O local conta como uma estrutura com banheiros, alguns lugares para comer e lojinhas variadas.


#Pracegover: Foto colorida. Em primeiro plano piscina de borda infinita. Ao fundo homem na borda de braços abertos. Atrás galho de árvore seco. Mais ao fundo montanhas cobertas de vegetação e céu cheio de nuvens. O lugar está localizado em uma região muito isolada, com terreno muito acidentado, dominado principalmente por azinheira , cactos e outras vegetações semi-desérticas.


#Pracegover: Foto colorida. Pequena elevação (morro) , cheio de cactos.


#Pracegover: Foto colorida. Foto de uma azinheira (arvore) ao centro. Ao fundo montanhas e céu com nuvens carregadas.

POR QUE VISITAR?

Normalmente, quando planeja-se uma viagem para o México, a região de Oaxaca não está nos planos. O foco da maioria dos turistas é em Cancun, ou na Cidade do México. Porém, se tiver mais tempo e disponibilidade vale a pena conhecer outros pontos do país que é muito rico em belezas naturais e diversidade cultural. Cada canto do país tem suas peculiaridades.

Se caso você quiser conhecer outras partes do México, pense em incluir Oaxaca. A cidade em si não é muito bonita, e agradável, porém tem seus atrativos. Especificamente, Hierve el Água, é um dos pontos turísticos mais procurado e interessante na região. Se você optar por conhecer o local por conta própria saiba que é um pouco difícil de chegar. Porém, o visual compensa a jornada. Realmente é um lugar muito bonito, ótimo para tirar fotos. As piscinas de borda infinita formam verdeiros espelhos d'água. Um visual incrível que parece até montagem. Além disso, não deixe de observar as nascentes d'água borbulhando e as cascatas de pedra, que é algo bem incomum de se encontrar.


#Pracegover: Foto colorida. Imagem de uma piscina natural de borda infinita refletindo o céu com nuvens.

COMO CHEGAR?

- Agências de Turismo receptivo: Agências locais em Oaxaca fazem um tour de dia inteiro que passa por Hierve el Agua. Nesse pacote estão inclusas paradas também em Santa Maria de Tule (para visita a uma árvore milenar, que teoricamente seria a mais grossa do mundo); em uma fábrica de Mezcal e pelo sitio arqueológico de Mitla. O tour custa em torno de 200 a 300 pesos mexicanos* (depende da agência e do seu poder de negociação).

- Conta própria: Não é uma das tarefas mais fáceis. Primeiramente, de Oaxaca você precisará pegar um ônibus ou táxi coletivo para o povoado de Mitla. Esses táxis coletivos são uma espécie de "uber pool", entra gente e sai gente no meio do caminho direto. Chegando em Mitla, você precisará pegar uma caminhonete que leva no mínimo 5 ou 6 pessoas.

Então, se não tiver gente suficiente você terá que esperar até juntar um grupo. Além disso, o caminho é por uma estrada de terra, cheia de curvas e com subida. EMOÇÃO GARANTIDA. É uma verdadeira aventura! Especialmente se você for na caçamba da caminhonete (como foi nosso caso na ida). Por isso, se puder viaje na parte de dentro. Dessa forma você gastará cerca de 140 pesos mexicanos** ida e volta (depende se escolherá o táxi coletivo ou ônibus).

* Em R$ (reais): de 40,00 a 60,00 por pessoa (em tour) = De acordo com câmbio da data do post (25.04.19)

** Em R$ (reais): 30,00 por pessoa (conta própria) = De acordo com câmbio da data do post (25.04.19)

O QUE LEVAR?

  • Tênis (principalmente se você pretende fazer a trilha da cascata)

  • Roupas de banho

  • Toalha

  • Máquina fotográfica (ou celulares)

  • Protetor solar

INFORMAÇÕES GERAIS:

HORÁRIO: O local fica aberto todos os dias das 8h às 19h

PREÇO: O acesso às cachoeiras de Hierve el Agua custa $ 25 pesos mexicanos por pessoa (+- R$ 5,00 - de acordo com câmbio de 25.04.19)

ACESSIBILIDADE: Infelizmente, este passeio não tem uma boa estrutura para atender pessoas com deficiência. O lugar possui terreno irregular, cheio de desníveis. É um lugar de difícil acesso e sem adaptações necessárias para atender adequadamente pessoas com deficiência.

#México #AméricadoNorte #natureza

CONHEÇA HUARAZ

O PARAÍSO NATURAL PERUANO

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • instagram_PNG11
  • Tumblr Social Icon
  • Spotify Social Icon

REDES SOCIAIS

Foto: Abrindo a Cabeça logo
Foto Leonardo Spagiani Paduan

ABRINDO A CABEÇA

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

DICAS DE VIAGEM, CULTURA, CURIOSIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS, HISTÓRIAS DE MOCHILÃO E MUITO MAIS