UM TOUR COMPLETO PELO MARROCOS


O Marrocos é um país com uma cultura muito rica, com uma diversidade de paisagens, combinando deserto com montanhas e uma costa repleta de belas praias. O país africano também possui uma mescla de cidades modernas e regiões que conservam suas tradições e histórias. Essa diversidade de atrativos tem atraído cada vez mais turistas. Inclusive, é comum incluir em uma viagem pela Europa, principalmente pela Península Ibérica, uma passada por Marrocos.

Para entrar no Marrocos, o(a) brasileiro(a), não necessita de visto (para viagens até 90 dias), nem apresentar nenhum certificado de vacina. Não existe uma restrição de quantidade de dirham (moeda local) para entrada no país, porém a exportação da moeda é proibida.

**Sugestão: Lista do Spotify de Marrocos (aqui)


#Pracegover: Foto panorâmica de Rabat.Vários prédios (baixos) todos brancos. Em primeiro plano é possível ver algumas árvores também. e veículos nas ruas.

Para conhecer um pouco mais de Marrocos conversamos com um marroquino: Adil Daou. Ele nasceu e viveu em Casablanca até os seus 23 anos, agora ele mora no Brasil. Porém, Adil mantém seus lanços com seu país de origem, visitando Marrocos uma vez a cada 2 anos. "Viajo para Marrocos para visitar meus familiares e conhecer lugares que ainda não conhece do país. Pretendo voltar sempre que eu poder. Cada vez que viajo permaneço de 40 a 60 dias no país", concluiu.


#Pracegover: Foto: Homem (Adil) agachado no canto esquerdo de shorts, camisa preta e óculos. No canto direito menina segurando um balão na mão. Ao fundo a bandeira de Marrocos.

TOUR PELO MARROCOS COM ADIL

No quesito de turismo Marrocos tem atração para todos os gosto. "O país tem de tudo, litoral imenso com praias lindas e montanhas fascinantes, além é claro do Deserto do Saara", lembra Adil. Nosso entrevistado já visitou diversas cidades do seu país, entre elas estão: Casablanca, Rabat, Tanger, Tetouan, Marrakech, Assilah, El Jadida, Fez, Meknès, Safi, Larache, Fnideq, M’Diq, Chefchaouen, Essaouira. "Gosto de várias cidades, mas, se for para escolher uma seria Chefchaouen", destacou.

CHEFCHAOUEN

Chefchaouen, conhecida como Chaouen também ou a cidade azul como os turistas costumam chamar. Localizada no norte do país africano, entre as montanhas do Rif, a cidade de Chefchaouen oferece um cenário que encanta os visitantes em busca de coloridas visões surreais: são casas, vielas, ruas e pequenos prédios totalmente pintados.


#Pracegover Foto de uma rua de CHEFCHAOUEN . Uma viela estreita, com os muros da coloração azul

CASABLANCA

Localizada na região do país, Casablanca é uma cidade considerada Cosmopolita. A cidade tem forte influência francesa, principalmente na arquitetura de seus edifícios. Sobre sua cidade Natal, Adil disse o seguinte: "Ao visitar Marrocos você não deve deixar de dar uma voltinha em Casablanca (a principal porta de entrada para o país). Na cidade fica a segunda maior mesquita do mundo, além dos bairros antigos da cidade e os shopping com as marcas mais famosas do mundo."


#Pracegover Foto de Casablanca, em primeiro plano mar com pequenas ondas. Ao fundo alguns prédios todos brancos, no canto esquerdo um templo com uma grande torre branca com alguns detalhes em verde.

MARRAKECH

Na região de Marrakech encontra-se a montanha Toubkal, uma das maiores da África. Da cidade também é possível viajar para o Deserto do Saara. "Saindo de Marrakech em direção ao sul onde é possível viajar de carros 4x4 ou de camelos e passar um noite em safaris ou tendas de nômades", explicou Adil.


#Pracegover: Foto. Ao fundo um estabelecimento a frente vários objetos de cerâmica, potes e vasos

OUARZAZAT - A CIDADE CINEMATOGRÁFICA

A cidade foi apelidada popularmente de "porta do deserto" (do Saara). Ouarzazat e a região em volta é um dos locais mais usados como cenário do cinema mundial. Entre os filmes que tiveram cenas rodadas na região estão: Lawrance da Arábia, Babel, Édipo Rei, A Múmia, Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo, Reino dos Céus, Asterix e Obelix: Missão Cleopatra, Gladiador e Alexandre.

FEZ

Adil define como a cidade mais antiga e a capital espiritual do país. A cidade conta com quase 800 mesquitas. A principal atração da cidade são as medinas, como são chamados em árabe os antigos centros comerciais e residenciais emuralhados. A principal é a Fez El-Bali, a qual foi considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, em 1981.

RABAT

A cidade é a capital administrativa do país. O seu centro histórico foi classificado como Patrimônio da Humanidade. Rabat possui um ar provinciano e está localizada a 60 quilômetros do litoral do Atlântico. Entre os pontos mais visitadas da cidade está a Torre de Hassam, cuja construção foi iniciada em 1195 para ser o mais alto minarete do mundo, mas, interrompida quatro anos depois, ficou inacabada e com 44 metros.


#Pracegover Foto construção antiga com algumas árvores no lado esquerdo. ao lado de uma escada que leva a uma das entradas.

ESSAOUIRA

Adil definiu a cidade como ideal para os amantes de Reggae, Jazz e Surf . A cidade é repleta de turistas e conserva um certo ar interiorano.

NADOR

Nador é uma cidade que muitos desconhecem e acabam não colocando na rota. Nador está localizada no nordeste do Marrocos, a região é cheia de praias desertas e paradisíacas.

TANGER:

A cidade localizada no extremo norte do Marrocos. De Tanger é possível enxergar o continente Europeu no outro lado do mar mediterrâneo. A cidade possui uma mescla cultural, com influências do Ocidente e Oriente, como da África e Europa. A cidade sempre foi frequentada por artistas, pintores e poetas.


#Pracegover: Foto de Tanger. Foto da orla da praia. Do lado esquerdo uma avenida com alguns carros e prédios. No lado direito a orla da praia, com um pedaço de mar.

TETOUAN

A cidade é conhecida como “a noiva do norte”. O local não é tão turístico, por isso ali é possível ver a verdadeira vida do marroquino. Tétouan foi fundada no século III a.C. esta cidade tem a sua medina classificada como Patrimônio Mundial da UNESCO.

M' DIQ (Mediek ou Rincón)

Uma pequena cidade localizada no norte do país. M'diq a cidade possui lindas praias. A cidade é famosa pela qualidade de seus restaurantes, onde você pode desfrutar de vários pratos de peixe e maricos, com preços acessíveis.


#Pracegover Homem de óculos escuros no meio do mar, próximo a praia.

AGADIR

Conhecida como a "noiva do sul". A cidade foi destruída totalmente por um terremoto em 1969. Atualmente, é considerada umas das mais lindas cidades do Marrocos.

COSTUMES

  • BARGANHAR na hora de fazer compras;

  • COMER COM AS MÃOS dispensando uso de talher e com a ajuda de pão;

  • FALAR "Bismi Llah" (Em nome de Deus) antes de comer e "Alhamdulillah" (Graças á Deus) ao acabar de comer.


#Pracegover: Foto dos povos nomâdes com trajes típicos. Homens sentado em cima de camelos com roupas típicas da região do deserto, com turbantes e panos tampando a cara.

GASTRONOMIA

Se você viajar para o Marrocos seu paladar agradecerá! Adil aponta a culinária marroquina como uma das coisas que mais gosta no país, ele garante que a maioria dos pratos de lá são deliciosos. "O prato mais famoso do Marrocos é o Couscous marroquino (considerado também o segundo prato mais popular na França). Outro prato que não pode ficar de fora é o famoso Tagine que pode ser feito com carne, frango ou peixe acompanhado por vários legumes e um tempero marroquino único no mundo. O país também tem muitas espécies de peixes, sendo o maior exportador de peixe para a união Europeia e Russia. Por esta abundância de espécies existem muitas receitas de peixe que são de dar água na boca. Outro forte do país são os pães, azeites, inúmeros tipos de azeitonas", destacou.


#Pracegover: Foto de um prato de Tagine. Um frango cheio de legumes. Foto de: Philippe Desnerck/Getty Images

CLIMA:

Adil afirma que o clima de Marrocos é estável e tem as 4 estações bem definidas. "Você pode ter frio e neve no inverno, um país totalmente verde durante a primavera, um calor que pode chegar á 45 graus no verão e as folhas caindo das árvores no outono anunciando o fim das férias e o começo do tempo frio."

DICAS DO ADIL

Veja as dicas que o Adil passou para viajar para o Marrocos e não ter problemas.

  • DÊ OLHO NO CLIMA: Dependendo da estação do ano deve-se levar em consideração as roupas que serão utilizadas na viagem.

  • SIMPATIA: O povo marroquino gosta de pessoas, são amigáveis e simpáticos. Por isso, SEJA SIMPÁTICO(A) em Marrocos. Ou melhor seja simpático(a) SEMPRE!

  • MALA VAZIA PARA VOLTAR CHEIA: Para quem gosta de fazer comprinhas, principalmente de produtos de artesanato e decoração, não deve chegar para Marrocos de mala cheia. Na volta, vai precisar de espaço para levar as comprinhas para o Brasil.

  • TRADIÇÕES MUÇULMANAS: Apesar de ser um dos países árabes mais liberais é sempre bom as mulheres evitarem andar de roupas muito curtas. Isso se deve ao país ser de maioria muçulmana e até certo ponto o povo marroquino é reservado.

  • INTERNET DE GRAÇA: Se te oferecerem um chip de celular dentro ou na saída do aeroporto pode aceitar que é de graça. O chip vem com 1 Giga de internet 4G e 1h de ligações válidas para qualquer operadora, inclusive internacional. Eles irão pedir para tirar uma foto da primeira página do passaporte apenas para constar no sistema.

MARROQUINOS E AS OUTRAS NAÇÕES

Pela conversa com Adil percebi que o marroquino é muito receptivo. Durante toda a entrevista ele sempre foi muito atencioso e solícito. De acordo com ele, a hospitalidade e receptividade é uma característica comum do país. Assim, os(as) marroquinos(as) acabam tendo um bom relacionamento com turistas de todas as nações. "Os marroquinos gostam do povo brasileiro e seu jeito amigável e simpático de ser. Geralmente, não existe nenhum preconceito com a maioria das nações. Porém, como em qualquer país pode existir pessoas ruins, as quais podem acabar descriminando pessoas de outras nações, como por exemplo: Israel e com menos intensidade os Estados Unidos", explicou Adil.

ESTRUTURA TURÍSTICA:

De acordo com Adil o país possuí uma boa infraestrutura para o turismo. "Marrocos possui hotéis das diversas categorias e casas de hospedagens preparadas para receber os turistas. As sinalizações e indicações são razoáveis para chegar aos pontos turísticos, porém vale sempre a pena pesquisar e preparar as rotas antes de chegar ao país. O aeroporto de Marrakesh foi eleito ultimamente como o aeroporto mais lindo do mundo", afirmou.


#Pracegover Foto da Fachada do Aeroporto de Marrakech. em primeiro plano duas pistas que levam até a entrada do Aeroporto. Estrutura bastante moderna, com uma espécie de redoma de vidro no centro. Créditos: Divulgação/Discovery Morocco

ACESSIBILIDADE:

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, os cidadãos com mobilidade reduzida podem encontrar grande dificuldade para acessar transporte público, prédios e mesmo locais turísticos no país. Adil comentou que como em muitos países, a questão da acessibilidade ainda precisa ser vista com mais atenção. Nem todos os pontos estão adaptados para atender as pessoas com deficiência. "Nas grandes cidades sempre há rampas de acessos e calçadas com marcações. Já nas pequenas cidades pode ser que não encontre tantas facilidades de acessibilidade. Vale ressaltar que o país está em um ritmo de desenvolvimento muito grande, a tendência é que o país seja cada vez mais desenvolvido e procure atender as questões referente a acessibilidade", concluiu Adil.

LGBTQ+

Infelizmente, ainda existem aqueles países que não aceitam a comunidade LGBTQ+ como algo natural. Marrocos é um exemplo, no país a homossexualidade é passível de três anos de prisão. No Código Penal do país está prevista penas de seis meses a três anos de prisão. Por isto, demonstrações públicas de afeto entre pessoas do mesmo sexo podem levar a prisão. É raro a prisão de estrangeiros, o mais comum seria a extradição. Porém, há relatos como o do britânico Ray Cole que chegou a ser condenado por 4 meses de prisão.

¹ - Fonte: Portal do Ministério das Relações Exteriores.

#Africa #Marrocos #praias

CONHEÇA HUARAZ

O PARAÍSO NATURAL PERUANO

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • instagram_PNG11
  • Tumblr Social Icon
  • Spotify Social Icon

REDES SOCIAIS

Foto: Abrindo a Cabeça logo
Foto Leonardo Spagiani Paduan

ABRINDO A CABEÇA

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

DICAS DE VIAGEM, CULTURA, CURIOSIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS, HISTÓRIAS DE MOCHILÃO E MUITO MAIS