VALE A PENA FAZER FREE WALKING TOUR?


Você já ouviu falar de Free Walking Tour? É simples, é basicamente isso mesmo um passeio a pé de "graça", que no final você pode contribuir com uma gorjeta para o seu guia. A modalidade de passeios guiados de cunho turístico que são realizados a pé, tem crescido bastante e tem se tornado comum em diversas cidades do mundo. O movimento surgiu no ínicio do século XXI em Berlim.


#Pracegover: Foto Berlim da Gendarmenmarkt - Praça com 2 catedrais. Uma no fundo a direita. e Outra no canto esquerdo. Grupo de Free Walking Tour aglomerado na esquerda próxima a escadaria que dá acesso a catedral.

Este estilo de passeio já existe em mais de 200 cidades em quase 100 países ao redor do mundo. Inclusive no Brasil, grupos realizam os passeios em algumas cidades, como por exemplo em: São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Curitiba.

COMO FUNCIONA O FREE WALKING TOUR?

É bem simples! Normalmente, as agências que promovem os passeios possuem um site ou rede social que disponibilizam as informações do tour. Portanto, antes de viajar dá uma procurada se a cidade visitada tem o serviço. Os tours tem um ponto de encontro para o início, normalmente, em alguma praça ou em frente algum ponto turístico famoso da cidade. Você deve chegar um pouco antes do horário e dá seu nome. O(a) guia pode ser que te entregue alguma identificação, como uma pulserinha ou um adesivo. Pronto! Aí é só esperar o horário e sair caminhando conhecendo e prestando atenção no(a) guia.


#Pracegover: Foto de placa verde de Encontro (escrito em baixo). No topo 4 setas nos cantos apontando para o meio onde tem o desenho de bonecos representando pessoas.

Normalmente, fora do Brasil, os Free Walking Tours disponibilizam opções em inglês e espanhol. O tempo de passeio varia um pouco, mas normalmente duram de 2h30 a 4h. Alguns lugares oferecem mais de um roteiro. Portanto, dê uma pesquisada na cidade destino para ver o que você gostaria de ver. Vale destacar também, que nem sempre os Walking tours são feitos por profissionais de turismo certificado, muitas vezes são estudantes de turismo ou história, ou simplesmente por pessoas "comuns" que tem interesse pela história local e vem o passeio como oportunidade de negócio.

VALE A PENA FAZER FREE WALKING TOUR?

Depende de alguns fatores como: seu interesse pelo roteiro, tempo (dias na cidade), organização do seu roteiro. Com certeza, o Free Walking Tour tem várias vantagens. O primeiro é exatamente pelo "Free", os passeios são bem baratos, pois, o valor (normalmente) acaba sendo você mesmo que decide ao final do passeio. Outro fator é que você conhece lugares que não iria, ou não perceberia se não tivesse um guia. Sempre tem uma estátua, um prédio, uma praça que aconteceu ou representa algo importante na cidade e você, fatalmente, passaria batido. Só que com o Free walking tour você descobre e valoriza esse lugar e depois tem mais histórias para contar para seus amigos(as). Sem contar que você descobre mais curiosidades e histórias locais.

Outra vantagem é que no tour, normalmente, são grupos médios ou pequenos, porém é um público muito variado. Logo, você tem um ritmo bom na caminhada, não gasta muito tempo esperando os outros com suas "selfies" e acaba conhecendo pessoas de diferentes lugares e países. Inclusive, já fiz até amizades nesses free walking tour. Particularmente, recomendo a experiência. Sempre que possível procuro fazer. Já fiz em Berlim (Alemanha), Edimburgo (Escócia), Santiago (Chile), Guayaquil (Equador), Arequipa e Cusco (Peru).

DICAS:

Apesar de ser simples e parece não ter erro, tem algumas dicas para você aproveitar melhor o seu Free Walking Tour.

  • PRIMEIRO DIA NA CIDADE: Acho que isso é um dos principais pontos, esse tipo de tour serve como uma introdução a cidade. Você pode adquirir informações valiosas de outros passeios que são vendidos na cidade, dicas de lugares para conhecer como bares, restaurantes e etc. Ou seja, se você deixar para o final, algumas das informações e curiosidades você poderá ter visto em outro tour ou museu. Além é claro de evitar algumas roubadas.

  • COMBINE O PREÇO ANTES: Mas, pera não era gratuito? Sim, é FREE. Porém, é mais do que natural chegar no final do tour e você dar uma gorjeta. Em alguns casos, é comum que o(a) guia possa até sugerir, ou até "estabelecer" um valor padrão. Daí, fica meio "chato" todo mundo dando aquela nota mais gorda e só você dando umas moedinhas. Então, para não ficar numa saia justa, ou evitar reclamações, olhares tortos e etc...dá uma especulada em quanto o pessoal costuma dar/quanto o guia costuma "pedir". ATENÇÃO: Especialmente, em Santiago no Chile. Já aconteceu comigo e com alguns amigos de pedirem valores de tours "pagos" no final.

  • PERGUNTE MUITO: Normalmente os guias são bem abertos e solícitos (até porque o pagamento deles depende muito do atendimento). Logo, não deixe de fazer perguntas. Tire todas suas dúvidas. Se o grupo for pequeno, entre uma caminhada e outra é fácil de conversar com o(a) guia e descobrir mais curiosidades e dicas da cidade.

  • INTERAJA COM OS OUTROS VIAJANTES: Na maioria das vezes você deve encontrar um grupo com muitos estrangeiros. É um ótimo lugar para conhecer pessoas.


#Pracegover: Foto colorida. (Rotunda em Guayaquil) No centro 2 homem esticando as mãos e cumprimento. Atrás duas estátuas (Simon Bolivar e San Martin) na mesma pose. Ao fundo um monumento com as e atrás o monumento circular com bandeiras dos países sulamericanos em cima.

  • HIDRATA-SE E COMA BEM: Apesar dos passeios não serem tão longos, as vezes os percursos podem ser um pouco grandes e cansativos. Além disso, é normal que ao final do tour você já emende em alguma atração da região. Portanto, é bom levar uma água. Antes do passeio é bom fazer uma refeição boa e leve, assim como levar um snack para alguma parada ou para o final do tour.

  • SOMENTE O NECESSÁRIO: Nada de levar muita coisa na mochila. Lembre-se que você terá que carregar e vai andar por vários pontos com o que estiver levando. Logo, evite pesos desnecessários.

#dicas

CONHEÇA HUARAZ

O PARAÍSO NATURAL PERUANO

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • instagram_PNG11
  • Tumblr Social Icon
  • Spotify Social Icon

REDES SOCIAIS

Foto: Abrindo a Cabeça logo
Foto Leonardo Spagiani Paduan

ABRINDO A CABEÇA

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

DICAS DE VIAGEM, CULTURA, CURIOSIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS, HISTÓRIAS DE MOCHILÃO E MUITO MAIS