PERU: DOS ANDES A AMAZÔNIA


**Sugestão: Ouça a Playlist no Spotify do Peru (clique aqui)

Se você gosta de viajar, provavelmente, ou você já foi ou pensa em ir para o Peru! Isso, por conta de uma das 7 Maravilhas do Mundo: Machu Picchu. Mas, o nosso vizinho sul americano tem muito mais atrativos, além da cidadela inca. Então, vem comigo! Vamos conhecer o PERU!


Macchu Picchu

#Pracegover: Foto de Machu Picchu. Ao fundo uma cadeia montanhosa, um pouco mais a frente a Montanha Huyana Picchu. Em primeiro plano ruinas da cidade de Machu Picchu.

ENTRADA:

O Peru é um país de muito fácil acesso. Para nós, brasileiros (as) podemos conhecer o país apenas com o RG ou passaporte válido. Não tem exigência de apresentação de Certificação Internacional de vacina. Porém, recomenda-se tomar a vacina contra a febre amarela que se em caso de viagem para região amazônica do país.

MOCHILANDO PELO PERU

Estive no Peru durante o Mochilão que realizei no último trimestre de 2016 pela América do Sul. O Peru foi o país que permaneci mais tempo durante a viagem, foi um mês explorando cidades de Sul ao Norte do país.

  • PUNO:

Minha primeira parada no país foi em Puno. A cidade com mais de 3.800 m de altitude, fica ao sul do país, próxima da fronteira com a Bolívia. Puno é uma cidade feia e pobre, muitos turistas e viajantes em geral não ficam muito tempo pela cidade. Inclusive, alguns mochileiros que fazem o roteiro Peru-Bolívia, muitas vezes nem param na cidade. Mas, vale a pena gastar um tempo em Puno. Passei apenas um dia na cidade. Tempo suficiente para conhecer o principal atrativo: as Islas Flotantes de Uros, localizadas no Lago Titicaca.

As Islas Flotantes (Ilhas flutuantes), basicamente são um conjunto de superfícies artificiais habitadas e construídas de totora, uma planta aquática que cresce na superfície do Lago Titicaca. A visitação é feita por meio de um barco que te leva até algumas das Ilhas. Basicamente, você tem contato com a população de Uros e conhece um pouco da história local.


#Pracegover: Foto Ao fundo casa de totora. Na frente algumas mulheres e crianças sentadas com roupas típicas da região de Puno.

  • AREQUIPA

Minha segunda parada foi em Arequipa, a Ciudad Blanca (Cidade Branca). A cidade que tem 2.300m de altitude. A cidade é a segunda mais populosa do Peru e um dos destinos turísticos mais procurados do país. Entre os principais motivos é pelo Vale e Canion del Colca (post).

Formado pela erosão do Rio Colca, o cânion tem cerca de 70 km de extensão e mais de 3.500 metros de profundidade, sendo considerado entre os maiores do mundo. Para ter uma noção da magnitude do Colca, o cânion peruano é duas vezes mais profundo que o Grand Canyon, nos Estados Unidos. São comuns fazer tours para conhecer o Cânion e toda Vale de Colca. Algumas partes do passeio chega a quase 5 mil m de altitude.


#Pracegover: Foto Homem de pé no canto esquerdo. Ao lado Vale del Colca, no meio um rio passando e montanhas ao fundo.

Arequipa é uma cidade bastante "charmosa". O Centro Histórico da cidade oi inscrito na lista de cidades Patrimônio Histórico Mundial da UNESCO, devido à arquitetura ornamentada, sendo grande parte dos edifícios construídos numa espécie de rocha vulcânica de cor branca, designada de "sillar".


#Pracegover: Foto. Centro de Arequipa. Na frente alguns coqueiros no meio da praça. Pessoas e pombas no meio da Praça. Ao fundo prédio de uma igreja com duas torres. Prédio branco, com reflexo amarelado do por do sol.

  • CUSCO

Próxima parada: Cusco, a capital do Império Inca. Andar pelas ruas cusquenhas é respirar a história de um dos povos mais conhecidos e importantes da história da América Latina. Apesar de algumas construções espanholas, muito se conserva da arquitetura Inca, além das tradições e histórias. Muitas coisas tem nomes em Quéchua (língua dos antigos incas) desde ruas a estabelecimentos, hotéis, etc. As ruínas são bem conservadas e a cidade possui uma grande estrutura turística. Cusco possui diversos atrativos para conhecer: são museus, igrejas e alguns sítios arqueológicos.


#Pracegover: Foto Cusco. No canto esquerdo um pedaço da Plaza de Armas de Cusco. Canteiros verdes da Praça, com as bandeiras do Peru e Equador hasteadas. Do lado uma rua, com pessoas passando. Umas escadas que levam a uma igreja na direita.

Além disto, nos arredores de Cusco encontra-se o Vale Sagrado e diversas cidades e aldeias que são repletas de ruínas e histórias dos tempos dos incas, como por exemplo: Chinchero, Maras, Moray e Ollataytambo.


#Pracegover: Foto homem de costas agachado. Na sua frente terraças feita pelos incas utilizadas para plantação.

  • ÁGUAS CALIENTES - MACHU PICCHU

Parada OBRIGATÓRIA numa viagem ao Peru: Machu Picchu! Para chegar a cidadela, você precisa passar por Águas Calientes. Algumas pessoas fazem bate volta de Cusco para Machu Picchu. No meu caso, dormi uma noite na pequena cidade de Águas Calientes, que é a cidade que fica na base da montanha da cidadela. Machu Picchu é um espetáculo a parte e faz jus ao título de uma das 7 Maravilhas do Mundo. Em breve, faço um post explicando melhor sobre a cidadela, pois merece.


#Pracegover: No canto esquerdo sentado homem olhando para as ruínas de Machu Pichu a sua frente e a Montanha Huayna Pichu.

  • NAZCA

Da região dos "Incas" segui viagem para conhecer um pouco mais da terra da civilização de Nazca. Parei na pequena cidade para fazer o voo sobre as "linhas mais famosas do mundo". Existem mirantes também que se podem ver alguns dos imensos geoglifos. Basicamente, as linhas são desenhos rasos feitos no chão, removendo as pedras avermelhadas onipresentes na região e descobrindo o chão esbranquiçadas por baixo.


#Pracegover: Foto Linhas de Nazca. Linha desenha no chão em um formato de uma baleia.

  • ICA

Hora de seguir viagem! No caminho para Lima, próximo de Nazca encontra-se uma simpática cidade: ICA. A cidade que tem se tornado bastante famosa pelo seu Óasis localizado na região de Huacachina. Na região é possível fazer passeios de bug, além de sandboard. E se você foi para Natal e viajou pelas dunas de Genipabu e achou aquilo emocionante, é porque você ainda não foi para Huacachina. Lá realmente mora a emoção!


#Pracegover: Um óasis no meio do deserto. Ao fundo algumas dunas. No centro da foto um óasis. Uma lagoa cercada por umas árvores e algumas construções (casas)

  • PARACAS

Seguindo caminho para Lima, outra parada interessante é PARACAS. A pequena cidade que recebe o nome da civilização que habitou esta região é muito bonita. Lá são 2 passeios muito interessantes para se fazer, o das Islas Balestas que faz com guias em um barco. Neste passeio você vai ver pinguins e lobos marinhos bem de perto. Além disto, tem a Reserva Nacional de Paracas, onde tem belezas naturais incríveis.

#Pracegover: Duas fotos. Esquerda: Foto de um homem sentado olhando para trás. Na sua frente uma praia. Areia da praia vermelha. Na esquerda Foto de vários lobos marinhos aglomerados num pedaço de terra. Na frente um pedaço de mar. Ao fundo, atrás dos lobos marinhos uma formação rochosa com um buraco no meio.

LIMA

Durante o Mochilão passei 2 vezes por Lima. Ouvi muitos comentários negativos da cidade, antes de conhece-la. Mas, me surpreendi positivamente. Lima é muito parecida com São Paulo, clima sempre meio que de chuva, bem cinza e caótica, principalmente no que diz respeito ao trânsito. Porém, a cidade é cheia de en