VISITE O PARQUE DAS AVES EM FOZ!

Atualizado: 9 de Jul de 2019


Quem visita as Cataratas do Iguaçu não pode deixar de conhecer outro atrativo incrível de Foz do Iguaçu, o Parque das Aves. Inclusive, pode fazer um passeio combinado pelas duas atrações no mesmo dia, tendo em vista que o Parque Nacional do Iguaçu e o Parque das Aves são vizinhos.

#Pracegover: Foto colorida. Fachada da entrada do Parque das Aves. Algumas pessoas entrando no Parque. Na fachada do prédio branco, escrito em alto relevo "Parque das Aves" e pintado uma arara em cima de um galho e um pássaro voando.

Atualmente, o Parque das Aves recebe mais de 800 mil pessoas por ano, por isso sempre está bem cheio. O passeio é feito por uma trilha calçada, em meio a Mata Atlântica. No local é possível ver as mais diferentes espécies de aves, e outros animais como cobras, tartarugas e saguis. É um passeio perfeita para os(as) amantes de natureza, principalmente, para os(as) ornitólogos(as) de plantão. Uma das primeiras atrações do Parque é a representação da Árvore da Vida, uma lenda da mitologia nórdica. Neste ponto, a atração nos convida também a refletir sobre a preservação do meio ambiente.

#PRACEGOVER: Foto colorida. Em primeiro plano homem de pé com as mãos para trás. Ao fundo representação da árvore da vida. Raizes da árvore e uma placa com o nome "Árvore da Vida/ Tree of Life".

Depois disso, tem uma sequência de grandes viveiros de aves de pequeno porte. São várias espécies de papagaios e periquitos em viveiros separados. Os viveiros são bem grandes. Na frente de cada viveiro tem as informações como o nome da espécie, localização, média de longevidade e dieta.

#Pracegover: 2 fotos coloridas. Foto da Esquerda Casal de periquitos em cima de um galho. Na foto da esquerdo um papagaio verde em cima de um galho.

Já outras aves de porte médio e grande ficam em espaços mais abertos, apenas separadas por um cercado. É o caso de emas, flamingos, mutuns e outros.

#Pracegover: 2 fotos coloridas. Na foto da esquerda uma ema dentro do cercado. Na foto da direita uma ave com um penacho curvada ciscando na grama.

Porém, com certeza, o que é mais interessante no Parque das Aves são os 3 viveiros de imersão, onde você pode entrar e poder observar bem de perto várias espécies de aves. É importante lembrar aqui que devemos apenas OBSERVAR e NÃO TOCAR, além de seguir as regras do Parque para não causar nenhum problema para os animais.


#Pracegover: Foto colorida da entrada de um dos viveiros. Placa escrita "Viveiro Pantanal". Na parte inferior várias pessoas passando em fila pelo portal do viveiro.

Dentro dos viveiros, entre os mais assediados pelos humanos paparazzi são os tucanos. Eles sempre atraem atenção de todos. Além disso, eles já estão super acostumados, fazem até pose para as fotos dos turistas, sempre mostrando o chamativo e colorido bico.

#Pracegover: Foto colorida de um Tucano em cima de um galho de árvore.

Entre, os três viveiros, sem dúvida o mais barulhento e que chama atenção é o viveiro das araras. As aves fazem barulho o tempo todo e dão voos rasantes próximo a cabeça dos visitantes. São várias espécies de araras, entre elas estão as araras azuis, araras vermelhas e araras canindé (amarela e azul).

#Pracegover: 2 fotos coloridas. Na foto da esquerda. 4 araras canindé (peito amarelo e asas e cabeça azulada) em cima de um galho . Na foto da direita. 4 araras azuis em cima de um galho e abaixo 3 araras vermelhas em cima de outro galho.

Após os viveiros das araras, uma outra atração muito bacana é o borboletário. É um espaço repleto de várias espécies de borboletas de todas as cores e tamanhos. É um espaço mágico, onde todos se encantam, de crianças a adultos, com as danças de cores proporcionada pelo voo das borboletas. Se você ficar parado, provavelmente em algum momento alguma borboleta irá pousar em você, ou se você pegar um papel com nectar, que os próprios funcionários do Parque disponibilizam, você pode tirar sua foto com a borboleta. Mas lembre, NÃO TOQUE nas borboletas.


#Pracegover: Foto mulher sorrindo segurando um papel com nectar e uma borboleta em cima.

Outras atrações interessantes são as aves raras, como por exemplo as harpias e também um casuar, a ave considerada mais perigosa do mundo (típica da Austrália).


#Pracegover: Foto colorida de um casuar, dentro do cercado de seu viveiro. Casuar tem o corpo parecido com um avestruz, mas a cabeça colorida e um espécie de crista.

Ao final do passeio, tem um espaço onde você pode pegar uma arara na mão. Alguns instrutores do Parque treinam as araras para fazer alguns truques, entre eles para ir no braço dos visitantes. Porém, sempre tem uma fila de pessoas esperando para tirar uma foto com as araras. Bom, se você for mais destemida(o) também tem uma cobra jiboia, que também pode tirar foto.

#Pracegover: Foto de um homem com uma arara canindé em cima da mão.

VALE A PENA?

Com certeza. Se você tiver tempo para desfrutar dos atrativos de Foz do Iguaçu é uma ótima opção. Você pode facilmente fazer a visitação as Cataratas e na sequência no Parque das Aves. É um passeio que você fazendo tranquilamente passará cerca de 1h30 a 2h. Se você gosta de natureza é um passeio incrível. É bem diferente de um zoológico tradicional, primeiro porque as trilhas do Parque são no meio da Mata Atlântica. Segundo porque permite uma maior proximidade com os animais, porém sempre pregando o respeito com os mesmos. As experiências nos viveiros e no borboletário são incríveis e imperdíveis.

#Pracegover: Foto colorida. Arara canindé pendurada de ponta cabeça, em um galho. Ao fundo algumas árvores e outra arara canindé.

COMO CHEGAR?

O Parque das Aves fica na Av. das Cataratas, KM 17.1 - Foz do Iguaçu - PR - ao lado do Parque Nacional. DICA: Caso você estiver de carro, tem estacionamento oficial do Parque Nacional, você pode pagar lá deixar e ver também o Parque das Aves já que é só atravessar a rodovia. Melhor do que pagar 2 estacionamentos.

ÔNIBUS: O transporte público é uma das opções mais fáceis e baratas. É só pegar a Linha 120 (Pq. Nacional) - Centro. O custo é de R$ 3,55

INFORMAÇÕES UTEIS

HORÁRIO: todos os dias, das 8h30 às 17h

PREÇO: R$ 45,00 por pessoa. Crianças de até 8 anos, acompanhadas de um adulto, têm entrada gratuita (não válido para grupos escolares).

ACESSIBILIDADE: No próprio site do Parque das Aves fala sobre a acessibilidade, diz que tem um caminho fácil inclusive para pessoas com deficiência com mobilidade reduzida. Porém, pelo que me lembro (visitação em fevereiro de 2015), alguns lugares possuem desníveis, além disso, faltam sinalizações em braile para pessoas com deficiência visual.

MAIS INFORMAÇÕES: no site do Parque das Aves (aqui).


#Paraná #Sul #Brasil #natureza

CONHEÇA HUARAZ

O PARAÍSO NATURAL PERUANO

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • instagram_PNG11
  • Tumblr Social Icon
  • Spotify Social Icon

REDES SOCIAIS

Foto: Abrindo a Cabeça logo
Foto Leonardo Spagiani Paduan

ABRINDO A CABEÇA

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

DICAS DE VIAGEM, CULTURA, CURIOSIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS, HISTÓRIAS DE MOCHILÃO E MUITO MAIS